A importância da água para todos.

Infelizmente, todo o avanço civilizacional, tecnológico e econômico de vinte séculos não foi o suficiente para permitir que todos tenham acesso aos bens mais importantes para a subsistência. A água, o mais básico e vital de todos eles, também é sonho distante para muitos: 40% da população global é eventualmente afetada por falta de água, segundo a ONU.

E, conforme o consumo sem conscientização cresce, (a 1% ao ano, segundo a mesma ONU) outro perigo se afigura: secas e cheias podem levar o número de pessoas em situação de escassez hídrica, hoje estimado em 3,6 bilhões, para até 5,7 bilhões em 2050.

O problema é conhecido no Brasil, onde, com uma gestão hídrica pouco coordenada, parte da população sofre durante a estação de seca, em especial no Nordeste. Mas soluções vêm sendo encontradas, e um processo exemplar na busca por amenizar o desequilíbrio hídrico no país foi visto em uma situação emergencial nos últimos anos.

Quando, dentro do programa Água para Todos, do governo federal, era necessário encontrar uma alternativa rápida e eficiente para levar água ao Sertão nordestino, foram a Acqualimp e suas cisternas de polietileno que deram conta do recado.

Entre 2012 e 2014, foram nada menos que 350 mil cisternas entregues à população carente pela empresa que faz parte da Rotoplas, um grupo de  origem mexicana.

A companhia foi a principal fornecedora do Água para Todos, atendendo todos os estados do Nordeste e ainda Goiás e Tocantins, no Centro-Oeste. Isso graças à eficácia notada nas cisternas, que captam a água das chuvas para que as famílias possam armazená-la e ter acesso a ela nos períodos de estiagem – a capacidade chega a 16 mil litros.

“Imagine que o homem do campo, para fazer sua cisterna, vai levar em média uma semana. Terá vários custos de material e mão de obra. Agora, quando ele tem acesso a um produto que chega pronto, que precisa apenas de uma escavação de 80 centímetros de profundidade para colocar em pé, faz toda a diferença. A gente chega, coloca a calha, tubulação e cisterna, e está pronto”, resume o gerente nacional de marketing da Acqualimp, Carlos Maciel.

Com essa facilidade, as cisternas podem ser instaladas num período entre três e seis horas – a depender se o buraco para ela já estiver feito.

E com a alta durabilidade do polietileno de alta densidade. “Em qualquer projeto de alvenaria, com o tempo ele vai ter fissuras, rachaduras, isso é natural da matéria prima. Mas o nosso produto não.

A cisterna é produzida em 40 minutos e tem garantia de 10 anos, mas estamos falando de polietileno que se mantém por décadas”, destaca o executivo.

Com sede em Extrema-MG, a Acqualimp teve na parceria com o governo federal a maior disseminação de uma característica que já era chave na empresa: tratar a água como um bem essencial, principalmente para aqueles que têm mais necessidade. Para incentivar práticas semelhantes e o consumo responsável da água, foi lançada pela empresa a plataforma “Água, cuido porque amo”.

E, nos 18 anos em que a empresa atua no Brasil, diversos prêmios já foram conquistados, em função dessas iniciativas que visam não somente a qualidade, mas também a responsabilidade socioambiental.

Clique e confira o material completo:

Acesso e sustentabilidade: a importância da água para todos

Informativos

Receba os informativos da Acqualimp direto no seu e-mail e fique por dentro das novidades e lançamentos.